segunda-feira, 20 de março de 2017

Assembleia geral 57

Pr. Virgílio Barros
Presidente da Assembleia Geral


Em conformidade com as disposições estatutárias, convoco os sócios da Cruz Azul de Portugal para a assembleia-geral ordinária a realizar no dia 08 de Abril de 2017 (oito de Abril de dois mil e dezassete) nas instalações da Igreja Baptista de Almada, Rua das Torcatas, 8 B, 2800 – 212, Almada, pelas 11:00h (onze horas), com a seguinte ordem de trabalhos: 
  1. Abertura e aprovação da agenda; 
  2. Leitura da ata anterior; 
  3. Apresentação das contas de 2016; 
  4. Apresentação do Relatório de Actividades de 2016; 
  5. Leitura do relatório do Conselho Fiscal; 
  6. Aprovação das Contas e Relatório de Actividades; 
  7. Discussão e consulta sobre vínculo à Cruz Azul Internacional; 
  8. Outras informações; 
  9. Encerramento. 
Se à hora marcada não estiverem presentes a maioria dos sócios a sessão terá início meia hora depois com os que estiverem presentes. 

O presidente da Assembleia-geral 
Virgílio Almério Valente Barros


sexta-feira, 3 de março de 2017

Pequenos grupos


Os pequenos grupos nascem de uma necessidade de sobrevivência. Foi assim que a igreja de Jesus começou para escapar à perseguição e fintar os obstáculos político- religiosos impostos pela influência dominante: o poder corrupto de Roma e o judaísmo inquisitório.

Nos pequenos grupos os cristãos eram exortados e serem cidadãos de excelência afim de que a comunicação da sua fé fosse pautada por um exemplo de vida e não apenas uma superficialidade de uma nova religiosidade. A credibilidade da igreja, ou a mensagem de que o Messias de Israel tinha vindo conforme as promessas, só poderia ser aceite se o povo visse nos discípulos de Jesus, não apenas “uma nova religião” mas efetivamente um novo exemplo de vida. Por conseguinte, a mudança que o Messias Jesus tinha introduzido na vida dos discípulos tinha que ser visível em cada seguidor, tanto na sua aparência como nas suas obras.


quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Feliz Natal 2016


Desejamos a toda a nossa família, irmãos, sócios, colaboradores e apoiantes da Cruz Azul BOAS FESTAS. Desejamos a todos uma época ALEGRE mas muito mais do que isso, que todos sejam FELIZES!

O "Pai Natal" não nos pode fazer felizes. Porventura, a época pode trazer-nos algumas alegrias, como um reencontro com a família e até mesmo prendas, o que pode fazer-nos sentir que somos queridos e amados.

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

A Cruz e o Azul


Chegou a época em que de novo estamos todos a ser bombardeados com suguestões para consumir, com imagens do “Pai Natal” e mensagem de “festa da família”. Nós estaremos sempre aqui para lembrar que Natal quer dizer “Nascimento” e sempre que Jesus nasce no coração de alguém, celebramos. 

A Cruz Azul é uma organização cristã e o objetivo do nosso trabalho são pessoas. Todo o trabalho social que se diz cristão, que tem uma cruz como símbolo, lembra esta verdade: JESUS VEIO AO MUNDO COM O PROPÓSITO DE DEVOLVER VIDA À HUMANIDADE.

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

O stress no relacionamento conjugal




O relacionamento conjugal está associado à qualidade de vida e à saúde. Contudo, ainda que um casamento possa durar muitos anos isso não significa necessariamente que é satisfatório para os dois ou pelo menos para um deles.

O stress afecta a qualidade de vida e provoca doenças. Por outro lado “qualidade de vida” não é apenas ausência de enfermidades, é bem-estar físico, social e mental.

Qualidade de vida também não é sucesso, pois se eu não tiver sucesso posso entrar em stress… Qualidade de vida engloba:

domingo, 11 de setembro de 2016

12 Passos Versos Bíblicos Versão Longa




O programa de grupos de apoio da Cruz Azul pode incluir os 12 passos dos A.A. Para meditação de cada passo podem ser usados vários versículos bíblicos.

O moderador do grupo de apoio deve conferir os versículos que vai apresentar na reunião para ser lidos para poder conferir e verificar se consegue estabelecer uma relação entre o "passo" e o texto bíblico. Eventualmente pode até haver algum erro de transcrição da referência.

Note que por uma questão de gestão de tempo não será possível refletir sobre todos os versículos sugeridos em cada passo.

Versos Bíblicos para pessoas em recuperação


Versículos bíblicos para reflexão sobre um tema específico;
Tópicos para reuniões de grupo;
Para a leitura e melhor compreensão, sugerimos a utilização da tradução para o Português Moderno, "Boa Nova"

Alegria/Paz

Mateus 5:6-10
Isaías 26:3
Salmos 5:11
Colossenses 3:15
Jeremias 15:16
João 15:9-12
I Pedro 1:8-9
I Pedro 3:11
Salmos 146:3-6
Filipenses 4:4-7

terça-feira, 6 de setembro de 2016

Precisamos de sócios


Já vem do mandato anterior a necessidade de reestruturarmos o nosso ficheiro de sócios para que tenhamos mais opções quando precisamos de eleger novos corpos sociais, e obviamente para suprir as necessidades económicas da instituição.

Mas, a par desta necessidade estrutural, a Cruz Azul passou a ter um novo desafio: O seu Director, (eu), depois de 20 anos de voluntariado, passou a disponibilidade inteira para a instituição! Em 2014 cessou as suas funções na Igreja Conquistadores para Cristo, em Fernão Ferro, e no passado dia 30 de Junho cessou as suas funções na empresa Grupo 8. Ambas as decisões fundamentaram-se principalmente na necessidade de haver maior dedicação à Cruz Azul.

quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Histórico de membros da direção desde a fundação, 1986


1986
Joaquim dos Santos Lucas da Silva
Jorge Manuel Nogueira de Carvalho
José Luis Simão Ferreira
Joaquim Pereira de Oliveira
João José da Silva Borges
Alfredo Ferreira de Pinho
Rubens Calvino Figueira
Maria Isabel Nogueira de Carvalho Costa Soares
Arnaldo Porteiro


quarta-feira, 3 de agosto de 2016

O projeto que continua


Na década de 90 a Cruz Azul de Portugal, com a cumplicidade da Assembleia de Deus do Fogueteiro e especial empenho do Emanuel Gonçalves, foi notícia, especialmente no Concelho do Seixal, dando que falar nos meios de comunicação social local, autarquias e associações dos arredores. 


terça-feira, 2 de agosto de 2016

Propósito e compromisso



Em qualquer lugar que estejamos devemos saber o que estamos ali a fazer. Especialmente um grupo de apoio é um grupo de crescimento, desenvolvimento pessoal e libertação do que nos aflige. Portanto, é da responsabilidade de cada um comparecer sóbrio e com contade de colaborar.

Os doze passos e versos bíblicos


O programa de Doze Passos foi criado nos Estados Unidos em 1935 por Bill W. e Dr. Bob S., inicialmente para o tratamento do alcoolismo mas mais tarde estendeu-se a praticamente todos os tipos de dependência química e não só. 

É uma estratégia central da grande maioria dos grupos de ajuda mútua para o tratamento de dependências ou outros comportamentos compulsivos, sendo mais conhecidos os Alcoólicos Anônimos (e grupos relacionados como Al-Anon/Alateen, vacacicionados para as famílias de alcoólicos) e também Narcóticos Anônimos.

Ferramentas básicas


Um grupo de apoio é uma ferramenta estratégica e importante para a reinserção do indivíduo na família, na igreja e na sociedade, proporcionando-lhe a oportunidade de desenvolver as suas aptidões humanas e sociais no meio onde vive, quer tenha passado por um programa de tratamento em regime de internamento ou tenha optado por um novo estilo de vida no próprio grupo que o acolheu.

História dos nossos grupos

(Ver anotação abaixo)
Foi no ano de 2001 que a Cruz Azul de Portugal adoptou e desenvolveu o programa “Alcoholic Victorious” o qual surgiu nos E.U.A. em 1948. Neste programa são utilizados os Doze Passos dos Alcoólicos Anónimos e também um Compromisso.

Os "Alcoólicos Vitoriosos" não pretenderam ser mais uma organização, mas um programa de intervenção e uma área de intervenção do trabalho da Cruz Azul. Durante três anos estiveram em funcionamento três grupos e os primeiros aderentes a este programa foram uma jovem de 26 anos e um jovem de 33 de idade. Ambos permanecem sóbrios até hoje.

Regras de participação

1. Quando participar, comece por se apresentar. O seu primeiro nome é suficiente. 

2. Devemos ser honestos ao falarmos das nossas lutas e dores. Estamos aqui para compartilhar as nossas experiências, as nossas forças e as nossas esperanças. Necessitamos de ouvir a sua experiência e notar melhoras em si. 
Fale a seu respeito e não de outras pessoas.